Semokwan Semokwan Semokwan
login senha
5
O que éHistóriaFaixasArmasGraduaçõesSemokwan

A VERDADEIRA HISTÓRIA DO HAPKIDO


1ª Parte:

O DAITORYU AIKIJUJUTSU DE SOKAKU TAKEDA


A tradição japonesa nos conta que a Arte do Daitoryu Aikijujutsu foi criada por Minamoto No Yoshimitsu e seu irmão Yoriyoshi, figuras proeminentes do então poderoso clã Minamoto. (Século XI).

Yoshimitsu criou sua técnica dissecando cadáveres tomados dos campos de batalha e com o resultado do estudo da estrutura anatômica destes corpos, ele podia manipular as articulações, músculos e tendão com técnicas mais eficazes baseadas nestes fundamentos.

Sokaku Takeda nasceu em 1858, no Clã Aizu, descendente do Clã Minamoto, uma genealogia de ilustres Guerreiros Samurai. Pouco depois no Ano de 1875, Sokaku Takeda começou a estudar o Daitoryu Aikijujutsu com o Sensei Tanamo Saigo, sacerdote do Clã Aizu que por sua vez tinha sido aluno de Soemon Takeda avô de Sokaku Takeda. Graças a esta eleição, o Daitoryu Aikijujutsu transformou-se numa das Artes mais respeitadas do Japão.

Takeda Sensei era um homem de baixa estatura, mas a sua personalidade e habilidade mais que compensavam por isto e até hoje são credito deste Mestre extraordinário.

Até a geração de Takeda Sensei a Arte Marcial do Clã Aizu tinha sido ensinada apenas a Membros da família e a Guerreiros muito chegados que por sua vez eram vassalos do Clã. Takeda Sensei foi o primeiro a oferecer o Daitoryu Aikijujutsu a outras pessoas contribuindo a preservar esta nobre e fascinante Arte, da qual muitas outras derivam.

Takeda Sensei teve como aluno Morihei Ueshiba, que mais tarde viria a ser conhecido como o Criador do Aikido técnica que desenvolveu através de seu treinamento com Takeda Sensei e fundamentos filosóficos, Morihei Sensei sempre que perguntado sobre suas lutas responde que o único homem que o venceu em uma luta foi Takeda Sensei; O coreano Yong Sul Choi que além de aluno foi adotado por Takeda Sensei quando criança e que só voltou a Coréia após a Morte de seu Mestre e na Coréia desenvolveu o Hapkido com técnicas do Daitoryu Aikijujutsu combinadas com técnicas Coreanas; E também outros alunos como So Doshin que desenvolveu o Shorinji Kempo, o Ryuho Okuyama que desenvolveu o Hakko Ryu Jujutsu e incontáveis sistemas de criação mais recentes.

Takeda Sensei foi uma figura controversa, um budoka respeitado e um Mestre exigente. Muitas outras coisas foram ditas dele mas a julgar pelos resultados dos seus ensinamentos aos seus alunos, até a geração atual, temos que admitir o fato de que as virtudes ultrapassam os erros.

Após a derrota do Japão que decretou o fim da 2ª Guerra Mundial, Takeda Sensei decidiu que o único caminho honroso para ele que era uma pessoa de liderança era a Morte, portanto recusou-se a Comer, Takeda Sensei faleceu aos 87 Anos de Idade.

Com uma imagem que vai além dos limites humanos, o Samurai representa para o Budoka o ideal de Coragem, Devoção e Habilidade, combinado com o Respeito e Disciplina. Para um Samurai o mais importante era a Honra e por ela podiam Matar ou Morrer. O verdadeiro poder do Samurai radica do Espírito e é o seu Espírito que transforma a sua espada em algo formidável quase mitológico, que transcende os limites do Raciocínio Contemporâneo. Um semelhante Espírito possuía Sokaku Takeda Mestre em Daitoryu Aikijujutsu que para muitos foi o Último Samurai.


2ª Parte

O HAPKIDO DE YONG SUL CHOI E SUA HISTÓRIA


Yong Sul Choi nasceu em 1904, época que o Japão dominara a Coréia, nesta fase as Artes Marciais Coreanas foram proibidas de serem praticadas.

Quando criança viveu na província de Chung Buk, Coréia. Aos 8 Anos de Idade um Senhor chamado Morimoto, um comerciante japonês que não tinha filhos o raptou e o levou ao Japão.

Pelo constante protesto de Choi que chorando clamava ajuda o Sr. Morimoto o abandonou em Moji e Choi foi caminhando até Osaka onde foi levado pela Polícia local. As autoridades percebendo que Choi não tinha família no Japão arranjaram que vivesse num Templo Budista aos Cuidados de um Monje chamado Wadanabi Kintaro.

Choi era fascinado pelos Murais e Pinturas que retratavam Batalhas e Famosas cenas de Artes marciais que decoravam o antigo templo budista, o Monge Kintaro notando tamanha adoração conseguiu a apresentação de Choi a um Amigo próximo chamado Sokaku Takeda que adotou Choi e lhe deu o nome Japonês de Asao Yoshida, nesta época Choi tinha cerca de 11 Anos.

Takeda era o Líder de Daitoryu Aikijujutsu e ensinou Choi por mais de 30 Anos, até que a Segunda Guerra Mundial mudou a trajetória da vida de muitos, pois com a derrota do Japão o Mestre Takeda sentiu-se envergonhado já que o Japão até aquele momento não teria nunca perdido uma Guerra e sendo ele um Homem de Liderança sentiu uma responsabilidade pessoal nesta derrota por esse motivo ele decidiu que o único caminho honroso que lhe restara era de terminar com a própria vida recusando-se a comer. Antes de morrer Takeda permitiu que Choi voltasse a Coréia, pois o Fato de Choi ser Coreano poderia lhe custar a vida se permanecesse no Japão. Nos anos seguintes, após o fim da guerra, a Coréia recupera sua independência.

Yong Sul Choi voltou para a Coréia com a Família logo após a Morte de Takeda ano de 1946 e instalou-se na província de Taegu Kyung Buk. Com toda estrutura já existente das Artes Marciais Coreanas tendo sempre chutes como forte característica somada as técnicas de Daitoryu Aikijujutsu, Mestre Choi criou o Hapkiwonsool que posteriormente mudou para Yusool e finalmente em 1963 denominou-se Hapkido – nome este criado por um de seus alunos hoje Grão Mestre Ji Han Jae. Choi foi um dos Artistas Marciais que revitalizaram as Artes Marciais Coreanas.

Há hoje linhas divergentes quanto ao fundador do Hapkido atribuindo o feito ao Mestre Ji Han Jae, mas é importante salientar que Ji Han Jae foi aluno de Yong Sul Choi e na verdade fez um ótimo trabalho de divulgação da Arte principalmente por ter contracenado com Bruce Lee no Filme “Jogo da Morte”, Mas quem realmente desenvolveu a técnica foi Yong Sul Choi. Um dos maiores estudiosos de Artes Marciais Coreanas Dr. Kimm He-Young, após anos de pesquisa nos afirma o seguinte:

“Podemos aceitar as duas posições dizendo que Choi acendeu o palito de fósforo, mas quem fez a fogueira foi Ji”

Kyokwanjanin Yong Sul Choi faleceu em 1986 aos 82 Anos de Idade. Deixando o Desenvolvimento do Hapkido a Cargo de seus discípulos.

O Hapkido é Caracterizado por suas Torções, seus chutes e por suas técnicas de ataque que são sempre realizadas com movimentos que agem nas articulações, nos Pontos Vitais do Corpo Humano. Outras Artes Marciais são concentradas na Força dos Músculos o Hapkido não, pois consiste em Dominar o adversário sem confronta-lo desviando o Ataque do Agressor Desequilibrando-o e Finalizando a Agressão sem Conflito.

Por estes motivos o Hapkido é considerado uma Arte de Defesa Pessoal, mas ao Hapkido não faltam técnicas de ataque que são ensinadas tanto quanto as técnicas defensivas.

O Hapkido é a Arte da União (HAP), quem quer brigar já rompeu a Ligação com o Universo, quem tenta Dominar as pessoas já esta derrotada. Nós estudamos como resolver o conflito e não como inicia-lo.

O Hapkido caracteriza-se por suas técnicas de projeções e torções das articulações que derrubam o agressor aproveitando sua própria força, são movimentos que se utilizam da Energia Interna (KI), Baseamos em nossa filosofia a não Resistência, sem o uso da força Bruta.

O Hapkido não é apenas uma Arte Marcial é antes de tudo um Estilo de Vida, uma Filosofia Oriental para o desenvolvimento Espiritual do Praticante em Seu Caminho (DO).

O Hapkido é uma Arte muito praticada em todo o Mundo, por esse motivo a necessidade de um controle, portanto basicamente quatro entidades controlam o estudo e o desenvolvimento do Hapkido. Vejamos agora um pouco de cada uma.


• KOREA HAPKIDO;

• THE KOREA HAPKIDO FEDERATION;

• KIDO FEDERATION;

• INTERNATIONAL HAPKIDO FEDERATION;


A Korea Hapkido foi a primeira federação de Hapkido fundara na Coréia. Seu Presidente Hwan Dok Kyu continua trabalhando para desenvolver o Hapkido Tradicional. Essa Federação era a única exclusiva de Hapkido, porém com o tempo muitas ramificações surgiram através desta. Muita escola continua utilizando a Águia como Símbolo, escolas que normalmente estão filiadas a esta federação. Mestre Ji Han Jae e Kim Moo Wong foram os principias Mestres envolvidos na fundação desta federação.

A The Korea Hapkido Federation também conserva o Hapkido Tradicional. Ela é a primeira ramificação e atualmente é a federação que supervisiona o maior número de academias dentro da Coréia. Suas técnicas são as mesmas desenvolvidas desde o ínicio da estruturação desta Arte Marcial. Os praticantes de Hapkido Tradicional também estão espalhados pelo Mundo inteiro. Mestre Ji Han Jae também foi um dos criadores dessa Federação. O atual presidente da KHF é o mestre Oh See Lim.

Presidido pelo Mestre In Sun Seo, a Kido Federation foi a primeira federação coreana Reconhecida pelo Governo que surgiu no país. O Kido não é uma federação exclusiva de Hapkido, pois estão filiados ao Kido 31 Artes Marciais Coreanas diferentes. O Hapkido filiado e treinado nesta Federação é o mesmo das escolas Tradicionais.

A International Hapkido Federation foi fundada pelo Mestre Myong Jae Nam, um ex-praticante de Hapkido Tradicional que por voltados anos 60 teve contato com os movimentos circulares do Aikido e desenvolveu um Hapkido Moderno que logo depois foi nomeado de Hankido, e um sistema de espada baseado no alfabeto coreano o Hankumdo. Após o falecimento do Mestre Myong Jae Nam em 1999 seu filho Myong Sung Kwang assumiu a presidência desta federação.

Conheçamos mais sobre a História de Myong Jae Nam e a IHF:


3ª Parte:

MYONG JAE NAM E A IHF


Kooksanin Myong Jae Nam nasceu em 31 de dezembro de 1938 e começou a praticar o HAPKIDO em 1948. Em 1959 se formou Faixa Preta Primeiro Dan.

Mestre Myong foi um dos formandos das primeiras turmas de faixas pretas do Grão Mestre Ji Han Jae, que é aluno direto do fundador Grão Mestre Yong Sul Choi. Mestre Myong propunha a unificação da Luta, para ele uma vez uniformizado o HAPKIDO poderia ser uma maneira de promover a cultura Coreana no Mundo.

Em 1960, em Inchon, Coréia do Sul, Myong entrou em contato com um oficial Japonês praticante de Aikido chamado Harada. Suas idéias sobre os movimentos Circulares começariam a influenciar sua pratica e iniciaram-se constantes intercâmbios com representantes da Arte Japonesa.

No final dos Anos 60 e ínicio dos 70 Mestres Myong Jae Nam presidiu a Hankukhapkihê (Korea Hapki Association) e era o representante da International Aikido Federation na Coréia. Mais tarde, em 1984 fundaria a Kukjêionme (International Hapkido Federation).

Ao combinar os movimentos circulares do Aikido com as técnicas do HAPKIDO, Mestre Myong criou o HANKIDO que tem movimentos mais amplos e circulares. Nos anos 90 também foi desenvolvido o HANKUMDO, sistema de Espada, baseado no Alfabeto Coreano. A partir daí denominou-se a International Hapkido Hankido Hankumdo Federation.

Kooksanin Myong Jae Nam explica que as 12 Técnicas chave do HANKIDO denominadas Kipop são baseadas em elementos da Natureza como o Céu e a Terra ou seja no Yin – Energia Negativa e Yang – Energia Positiva. Duas forças contrárias mas complementares. Para o Mestre Myong o HAPKIDO era a própria busca do equilíbrio, que só poderia ser obtido por meio da harmonia entre os opostos.

A International HKD Federation é uma federação com grande número de filiados no exterior e também a única na Coréia com Área de Treinamento própria e alojamento para visitantes.

Kooksanin Myong Jae Nam é reconhecido como um dos Maiores Artistas Marciais da Coréia e um exemplo na pratica e Desenvolvimento do HAPKIDO na Coréia e no Mundo.

Kooksanin Myong Jae Nam faleceu em 3 de Agosto de 1999 aos 61 Anos deixando a cargo de seu Filho Myong Sung Kwang e demais Mestres, a missão de continuar desenvolvendo o Hapkido o Hankido e o Hankumdo na Coréia e no Mundo.

Desenvolvido por Pixel Agência digital